VOCÊ PRECISA DE UMA VÁLVULA DE ESCAPE?

Você sabe o que significa “válvula de escape”? No sentido emocional, essa expressão quer dizer “um meio de escapar de uma situação turbulenta”. Este termo vem da mecânica, em que a válvula de escape é um mecanismo que abre automaticamente para saída do fluido, quando a pressão interna é muito grande e ultrapassa o nível de segurança. De forma semelhante, em nossas vidas, quando acumulamos situações de pressão e estresse, precisamos de um mecanismo para extravasar os excessos.



O ESTRESSE PODE SER GRAVE?


Sim! É possível adoecer seriamente por problemas de origem emocional. Quando não conseguimos administrar situações de sobrecarga, tensão e altos níveis de estresse, corremos o risco de desenvolver diversos desequilíbrios mentais e doenças psicossomáticas. Enquanto nosso corpo pode apresentar sintomas como enxaquecas, batimentos cardíacos acelerados, sufocamento, dores por todo o corpo, crises alérgicas, imunidade baixa, queda de cabelo, fraqueza, fadiga, enjoos, gastrites, tremores, manchas na pele e sono desregulado, o nosso psicológico pode ser afetado pela irritabilidade, falta de concentração, tristeza, desmotivação e ansiedade. Estes transtornos podem mesmo evoluir para quadros graves de depressão e até infarto. Antes que isso aconteça, é essencial buscar auxílio médico e terapêutico para o tratamento.


Além dos adoecimentos causados pelo estresse, é comum buscarmos fugas negativas para a saúde e para a vida, como vícios em bebidas alcoólicas, cigarros, jogos de azar, compras compulsivas, videogames e até na comida. Tais escapes, no lugar de aliviar o estresse, podem acabar aumentando os problemas.



BUSQUE UM ESCAPE SAUDÁVEL


Para aliviar o estresse e poupar a saúde, você precisa encontrar atividades prazerosas que o ajudem a relaxar a mente e o corpo.


Descubra o que te faz bem experimentando diferentes hobbies, como leitura, pintura, artesanato, quebra-cabeças, tocar um instrumento, consertar objetos. Quem gosta de atividades ao ar livre pode curtir caminhadas, passeios de bicicleta, visitar um parque, jogar bola com os amigos ou brincar com os filhos. Atividades físicas são sempre uma boa escolha para o alívio do estresse! Se prefere exercícios mais calmos e lentos, pode experimentar yoga ou Pilates, mas se precisar extravasar as energias com força, pode gostar de praticar lutas ou Crossfit.



A NATAÇÃO COMO VÁLVULA DE ESCAPE


Nadar é uma excelente válvula de escape, seja para quem precisa de relaxamento ou intensidade. A natação aumenta a imunidade e ajuda a regular as funções do organismo, trazendo diversos ganhos para a saúde física e psicológica. Ela pode prevenir o surgimento de diversas doenças associadas ao estresse, ajudar a evitar o seu agravamento e até contribuir para o tratamento. Veja como:


Melhora do humor

Durante a prática de atividade física, são liberadas substâncias que melhoram o humor, promovem sensação de bem estar, ajudam a relaxar, combatem a tensão corporal, o estresse e a ansiedade.


Regulação do sono e do apetite

Dormir bem é essencial para a saúde, pois o sono é necessário para regular uma série de funções do organismo, sem as quais adoecemos. A natação contribui para a qualidade do sono, pois diminui o estresse, a ansiedade e promove o relaxamento. Nadar ainda atua na regulação do apetite, podendo até ajudar a combater compulsões alimentares.

Veja também: DISTÚRBIOS ALIMENTARES: O QUE FAZER?


Relaxamento mental

O ambiente aquático ajuda a relaxar a mente e esquecer um pouco do mundo lá fora. Na piscina, você fica imerso num contexto diferente de tudo o que remete a tensão do dia a dia, mantendo a cabeça focada nos exercícios e na sensação de prazer da água. A natação também contribui para a melhora da saúde psicológica, equilibrando o corpo e a mente.

Veja também: NATAÇÃO E SAÚDE MENTAL


Combater vícios

Infelizmente não existe uma mágica para largar os vícios, essa transformação envolve forte decisão, autocontrole e disciplina (às vezes até o tratamento médico é necessário). Contudo, há meios de tornar esse processo menos doloroso, como a prática de esporte. A atividade física libera substâncias no organismo que causam a sensação de prazer, ajudando a diminuir os impulsos do vício e ainda desenvolve disciplina e autocontrole, essenciais para a conquista de uma vida livre de dependências.


Memória, foco e concentração

O estresse é um grande causador de problemas de memória e foco. Praticar natação, além de aliviar o estresse, regula o sono e atua numa melhor oxigenação do cérebro, melhorando a qualidade da memória. Ainda, os exercícios mais complexos exigem concentração do corpo e da mente, estimulando o cérebro a melhorar seu foco e concentração nas demais atividades fora da piscina.


Relaxamento muscular

Os exercícios da natação promovem alongamentos eficientes enquanto as propriedades da água, como a temperatura, atrito e pressão, relaxam o corpo todo, promovendo uma espécie de massagem.


Diminuição de dores

Ao promover o alongamento e relaxamento da musculatura, a natação alivia dores musculares. Ela também auxilia na correção postural e no fortalecimento muscular com baixo impacto para as articulações, o que ajuda a tratar problemas osteoarticulares, evitar novos desgastes e diminuir as dores.


Saúde cardiorrespiratória

Enquanto o estresse é causador de sintomas respiratórios e taquicardias, a natação é excelente para a saúde cardiorrespiratória. Além de ajudar a tratar o estresse e a ansiedade que desencadeiam estes incômodos, a natação amplia a capacidade pulmonar, fortalece o coração e melhora a circulação sanguínea, melhorando o seu condicionamento cardiorrespiratório.


Contra fraqueza e fadigas

A natação pode ajudar quem sofre com fraquezas ao regular as funções do organismo, melhorar a qualidade do sono, aumentar a imunidade do corpo e promover o fortalecimento muscular. Ela também combate às fadigas, pois a ampliação da capacidade cardiorrespiratória auxilia o corpo no melhor aproveitamento de energia e resistência, prolongando a disposição.


Gasto de energia

Nadar tem um alto gasto de energia e pode contribuir para o equilíbrio físico e emocional de pessoas agitadas, irritadas, hiperativas, ansiosas ou sob pressão. Depois de uma aula intensa e dedicada, você sai de “alma lavada”.


Depois de tudo isso, vale dizer que se você ainda sente vontade de sair gritando por aí, é porque ainda não experimentou aplicar essa fúria na piscina. 😂 A natação pode ser a válvula de escape que vai tornar seus dias mais felizes e trazer qualidade de vida. Experimente!


57 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo