NATAÇÃO: A RESPIRAÇÃO DE CADA NADO

Você sabe executar corretamente a respiração de cada nado?

Confira o passo a passo para executar a técnica correta e veja dicas que podem ajudar você na piscina!



RESPIRAÇÃO DO NADO CRAWL


A respiração do nado Crawl acontece lateralmente. Ela é a mais utilizada para manter a eficiência do nado, uma vez que conseguimos manter uma boa posição do tronco e quadril na superfície.


PASSO A PASSO

  1. Role o tronco enquanto faz a puxada do braço, soltando levemente o ar pelo nariz.

  2. Conforme a braçada está sendo feita, vire a cabeça lateralmente e realize a respiração puxando o ar pela boca.

  3. Para finalizar, quando estiver recuperando a braçada, retorne a cabeça e o braço para a posição inicial.

DICAS:

  • Uma dica fundamental para a execução correta da respiração é continuar com a pernada constante durante toda a respiração.

  • Também vale experimentar realizar a respiração para ambos lados, para então saber qual ficará mais fácil para você.


RESPIRAÇÃO DO NADO COSTAS


O nado costas é realizado com a barriga para cima e com o rosto para fora da água, deixando as vias respiratórias livres. Contudo, respirar durante todo o deslocamento dificulta a aprendizagem e a coordenação de braços e pernas. Por isso, é importante executar a respiração na hora certa para melhorar a técnica do nado.

PASSO A PASSO

  1. Observe a coordenação do seu nado. A cada duas braçadas (direita e esquerda) realize uma respiração.

  2. A inspiração acontece geralmente pela boca, quando o braço está para cima, fora da água, pois assim evitamos de jogar água no rosto.

  3. Expire levemente o ar pelo nariz, sempre antes de uma nova inspiração.

DICAS:

  • Enquanto o nado, lembre-se de manter uma boa posição de tronco, continuar batendo as pernas de forma coordenada e contrair o abdômen.

  • Para nadadores mais experientes, uma respiração a cada 3 ou 4 braçadas seria o ideal.

RESPIRAÇÃO DO NADO PEITO


O Nado de peito é um dos estilos mais técnicos. Por isso, exige muita coordenação motora e concentração. Para a respiração deste nado, precisamos coordenar 3 elementos principais: braçada, respiração e finalização da pernada.

PASSO A PASSO

  1. A respiração se inicia com a abertura dos braços, que é seguida pelo movimento de elevação de tronco e cabeça. (Saída da água)

  2. Ao colocar a cabeça para fora da água, olhando para frente, puxe o ar pela boca.

  3. Enquanto realiza a movimentação de braços, a pernada acontece de forma simultânea. O momento que acontece a respiração coincide com a finalização da pernada (quando está dobrada).

  4. Ao retornar a cabeça para a água, solte o ar pelo nariz enquanto estende os braços para frente.

DICA:

Para aperfeiçoar a técnica da respiração, tente fazer a braçada do nado de peito juntamente com a pernada do nado crawl, usando o pé de pato. Realizar este exercício ajudará a melhorar a execução da respiração, pois a pernada do crawl oferece melhor sustentação de quadril e mais equilíbrio, facilitando o treino com foco na respiração.


RESPIRAÇÃO DO NADO BORBOLETA

O Borboleta é um nado de pura força e técnica, que exige muita concentração e condicionamento físico. Assim como o Nado Peito, a respiração do Nado Borboleta é realizada de forma frontal. Neste estilo, contudo, precisamos coordenar o momento da braçada junto com a ondulação.


PASSO A PASSO

  1. Para realizar a braçada, levante o tronco e a cabeça de forma simultânea. Nesse comento realize uma inspiração profunda pela boca e finalize a ondulação.

  2. Na sequência, retorne para a água, primeiro a cabeça e depois os braços, continuando a ondulação.

  3. Ao voltar para a água expire pelo nariz, mantendo sempre a ondulação.


DICAS:

  • Para ter equilíbrio na superfície, mantenha a ondulação de forma coordenada com os braços: Ao puxar os braços para trás faça uma ondulação, ao retornar os braços à frente, outra ondulação.

  • Uma técnica que ajuda a melhorar a respiração é, com um pé de pato, realizar uma ondulação bem forte junto com a puxada de braço e a subida da cabeça, deixando o corpo deslizar sobre a água. Nesse exercício o retorno do braço acontece abaixo da água, ajudando a prestar atenção no movimento da cabeça e na posição do quadril na água.


Se você estiver sentindo dificuldades em executar a respiração de algum nado, peça ajuda ao seu(ua) professor(a) ou treinador(a). Ele(a) poderá indicar com precisão qual é o ponto da técnica que precisa de melhora e indicará exercícios que podem facilitar aspectos como consciência corporal, coordenação, força, ritmo e equilíbrio.


Boa aula! 😉


1,603 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo