NATAÇÃO, SUPERAÇÃO E BONS HÁBITOS

Você tem planos e projetos que nunca começou? Ou até começou, mas nunca terminou?

Como anda a produtividade e a concentração no trabalho e/ou nos estudos?


Não falta vontade de fazer coisas novas ou até mesmo ter mais dedicação nas atividades que já desempenhamos, mas parece que isso não basta. Seria falta de tempo? A longa quarentena de 2020 pode ter sido produtiva para muitos, mas outros não conseguiram aproveitar esse período para realizar seus projetos. Então o que faltou? Disciplina? Energia? Saúde mental? Talvez um pouco de tudo.


Tirar algo do papel pode exigir uma grande mudança de hábitos, o que não é nada fácil. A boa notícia é que a prática de atividade física pode ajudar a desenvolver e cultivar bons hábitos, dar mais energia, melhorar a disciplina, concentração e produtividade.


COMO DESENVOLVER BONS HÁBITOS?


Há muitas teorias sobre como adotar hábitos positivos e abandonar negativos, mas vale destacar um conteúdo que tem grande relevância mundial: o best seller “o Poder do Hábito” de Charles Duhigg. Neste livro, o autor explica sobre o funcionamento do nosso cérebro em relação à tomada de decisões e nossa relação com os hábitos. Ele conta que, diferente das decisões, um hábito funciona de maneira quase “automática” na nossa vida, sem que paremos para pensar muito sobre isso. Assim, para podermos transformar diversas áreas da vida e alcançarmos nossos objetivos, precisamos entender o funcionamento dos nossos hábitos.


Os hábitos agem num ciclo, a partir de um gatilho se inicia uma rotina, que por sua vez gera uma recompensa.


GATILHO → ROTINA → RECOMPENSA


Para lutar contra um hábito negativo, precisamos observar seus gatilhos - o que desperta o desejo para iniciá-lo - como também a recompensa - emoção, prazer ou ação - associada a ele. Para alterar a rotina de forma eficiente, é preciso entender qual é o gatilho e quando acontece, associá-lo a uma nova rotina positiva que consiga entregar uma recompensa equivalente. Exemplo, para excluir as guloseimas do meio da tarde, é necessário entender a razão do gatilho (fome, estresse, cansaço) e a recompensa que isso gera (saciedade, relaxamento, um descanso). A partir daí, é possível substituir a rotina por algo que gere a mesma recompensa.


FOME → GULOSEIMA → SACIEDADE = Trocar a guloseima por um lanche saudável

ESTRESSE → GULOSEIMA → RELAXAMENTO = Trocar a guloseima por um alongamento

CANSAÇO → GULOSEIMA → DESCANSO = Trocar a guloseima por um intervalo


Para criar um novo hábito positivo, um bom ponto de partida é estabelecer um gatilho para ele, como um horário, uma música ou alguma ação. Essa rotina também precisa trazer alguma forma de recompensa que motive a sua continuidade.


O EXERCÍCIO FÍSICO NA MELHORA DOS HÁBITOS


O livro poder do hábito também destaca que existem os chamados “hábitos mestres”, que são capazes de motivar uma série de reações e acabam por ajudar na organização da própria vida. Um hábito mestre consegue reagir em cadeia e levar a diversos outros hábitos positivos que funcionam em conjunto.


Praticar exercícios físicos é um hábito mestre, ou seja, ajuda na manutenção de muitas outras rotinas em diversas áreas da vida.


“Quando as pessoas começam a fazer exercícios habitualmente, (...) elas começam a mudar outros padrões não relacionados em suas vidas, muitas vezes sem saber disso. Tipicamente, pessoas que fazem exercícios começam a se alimentar melhor e se tornar mais produtivas no trabalho. Elas fumam menos e demonstram mais paciência com colegas e familiares. Usam seus cartões de crédito com menos frequência e afirmam sentir menos estresse. O motivo não é totalmente claro. Mas para muitas pessoas o exercício é um hábito mestre que propaga mudanças disseminadas.” O Poder do Hábito

As pequenas recompensas de conquista e superação do exercício ajudam o cérebro a entender que é possível realizar mudanças em outras esferas da vida.


Então, vamos tentar uma nova fórmula?

NATAÇÃO → SUPERAÇÃO → VIDA NOVA!


A NATAÇÃO COMO MESTRE


A natação é uma atividade agradável, relaxante e prazerosa que conquista os corações até mesmo de quem nunca se interessou por nenhuma atividade física. Só este ponto já seria o bastante para adotar a natação na sua rotina, visto que a recompensa do prazer da própria atividade ajuda na manutenção deste excelente hábito. Contudo, os benefícios não param por aí! Veja só o que as aulas de natação podem fazer por você!


  • Pode ser praticada por pessoas de todas as idades e condicionamentos físicos;

  • Aumenta a capacidade cardiorrespiratória, dando mais disposição;

  • Aumenta o rendimento em outros esportes e atividades;

  • Melhora o cognitivo, a concentração e a produtividade;

  • Diminui o estresse, a ansiedade e melhora o humor;

  • Melhora a autoestima, ajudando a reconhecer a própria capacidade;

  • Aumenta a imunidade e ajuda no tratamento de diversas doenças;

  • Queima calorias e trabalha todos os grupos musculares do corpo;

  • Relaxa a musculatura, diminui dores e inchaços;

  • Estimula a coordenação motora, o equilíbrio e lateralidade;

  • Ajuda na regulação do sono e do apetite;

  • É indicada para quem sofre com problemas ósseos e articulares;

  • E muito mais!


Está esperando o que para começar a nadar?

Se era um gatilho que te faltava, clique aqui agora mesmo e agende uma aula experimental grátis! Você não vai se arrepender.


110 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo